terça-feira, 30 de novembro de 2010

Artigo: Stuxnet - CyberWarfare existe!

Por Sandro Süffert (siga-no no Twitter)

É oficial, o Irã (Ahmadinejad) confirma que o "virus" Stuxnet afetou as centrifugas de enriquecimento de Urânio e aponta Israel como possível responsável.

Leia mais: http://www.theregister.co.uk/2010/11/29/stuxnet_stuxnet/

Leia mais...

Notícia: Supervírus de computador põe vários países em alerta

O Jornal Nacional de 30/11/2010 apresentou uma reportagem sobre a ameaça chamada "Stuxnet".

Conforme a reportagem, a "nova arma que preocupa o planeta é invisível, fácil de ser transportada e tem um poder de destruição incalculável.

Leia mais...

segunda-feira, 29 de novembro de 2010

Guerra Cibernética: Irã diz que ciberataque causa problemas em centrífugas de urânio

Por Reuters

TEERà- Inimigos do Irã usaram um programa de computador para causar problemas "limitados" em centrífugas usadas no enriquecimento de urânio em algumas instalações do país, afirmou o presidente iraniano, Mahmoud Ahmadinejad, nesta segunda-feira.

Leia mais...

sexta-feira, 26 de novembro de 2010

Guerra Cibernética: Na guerra cibernética, políticas estão defasadas ante tecnologia

LONDRES, 24 de novembro (Reuters) - As técnicas de guerra cibernética podem estar dando um salto adiante e os países começam a elevar seus gastos com defesas digitais e novas armas eletrônicas, mas a estrutura e filosofia política quanto ao uso desses recursos continuam defasadas.

Leia mais...

quinta-feira, 25 de novembro de 2010

Guerra Cibernética: Depois dos reatores, Stuxnet ataca sistemas militares iranianos

Worm criou “espantalhos” nos radares das Forças Armadas do país e oficiais pensaram se tratar de uma invasão do seu espaço aéreo.

Ao que parecem o worm Stuxnet escolheu o Irã como alvo principal de atuação. Primeiro, ele atacou reatores de suas usinas nucleares, comprometendo várias de suas centrífugas. Agora, o malware está atingindo os sistemas militares daquele país.

Leia mais...

Guerra Cibernética: Código do Stuxnet para explorar vulnerabilidade no Windows vaza na Web

Malware faz uso específico de um bug relacionado ao agendador de tarefas do sistema operacional da Microsoft. Correção já está sendo desenvolvida.

O Stuxnet – malware que ficou famoso por invadir, principamente, sistemas corpotativos como o da Siemens e até usinas nucleares no Irã – teve um código usado para explorar uma vulnerabilidade no Windows, publicado na Web.

Leia mais...

terça-feira, 23 de novembro de 2010

Guerra Cibernética: Reino Unido busca desenvolver "arsenal" cibernético

LONDRES, 23 de novembro (Reuters) - O Reino Unido está dedicando mais empenho em desenvolver um "arsenal" para uma guerra cibernética do que em outras áreas de atividade militar, afirmou o general David Richards, chefe das forças armadas, na segunda-feira.

Por Michael Holden [Reuters]

"Trata-se genuinamente de uma grande prioridade para nós," afirmou.

Leia mais...

segunda-feira, 22 de novembro de 2010

Introdução à Inteligência Cibernética

Não é fácil começar a falar de um tema, cujo material referência é escasso e existem anotações genéricas no Brasil. Vários países, em cujo território há preocupação com atos terrorristas, já estão atentos à segurança cibernética (cybersecurity) e, por consequência, à inteligência cibernética (cyber intelligence). O melhor exemplo é os Estados Unidos, cujo Presidente Barak Obama lançou recentemente o prospecto Cybersecurity.

Leia mais...

Acompanhe as novidades sobre Inteligência Cibernética

Acompanhe o site Inteligência Cibernética. Critique, indique temas e envie sugestões.

  ©Inteligência Cibernética - Todos os direitos reservados.

Template by Dicas Blogger | Topo  

Real Time Web Analytics